Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 22 de maio de 2010

DEPUPADO CLEBER VERDE RECEBIDO COM FESTA EM MONTES ALTOS






O deputado federal Cleber Verde (PRB) e o presidente da COOMIGASP Gesse Simão foram recebidos com festa em Montes Altos pelo vereador Cleiton Silva (PRB) e diversas lideranças do município no ultimo dia (19) quinta feira, estava na comitiva do deputado federal Cleber Verde o presidente do PRB em Imperatriz Chico Planalto e a ex vereadora Teresinha Soares. O deputado Federal passou na radio comunitária da cidade, onde falou a todos os ouvintes, em seguida em grande recepção foi recebido pelos os populares.

O vereador Cleiton Silva PRB, afirmou seu apoio ao deputado federal Cleber Verde, (Não abro mão de votar e apoiar esse brilhante parlamentar perco a todos meus amigos quais confia nesse vereador, apoiar e vamos reeleger Cleber Verde, precisamos de homens com compromisso pelo nosso estado e município).

O presidente da COOMIGASP Gesse Simão, usou a palavra confirmando a forte participação do deputado Cleber Verde na luta vitoriosa dos garimpeiros de todo Brasil, (Meus irmãos garimpeiros esse jovem e humilde deputado DEUS o colocou na minha vida para se juntar nessa vitória qual não foi fácil, lembro aqui também o nome do Ministro Lobão, que foi incansável nessa luta, agradeço a todos que estiveram juntos nessa guerra, qual foi nós vencedores).

O deputado Cleber Verde disse que estava emocionado com a recepção feita para lhe receber, (Aproveito essa importante oportunidade para lhe falar que tenho me empenhado na câmara federal para fazer meu papel, já apresentei mais de 400 projetos de Leis, muitas já aprovadas outras em tramitação nas comissões daquela casa, sou um deputado que tenho buscado fazer meu papel pela coletividade, vou ficar mais próximo de vocês Montealsence, comprei uma residência em Imperatriz para assim ficar mais próximo dos meus amigos e partidários, sentenciei uma agenda definitiva na região Tocantina, vou estar as quinta e sexta feiras definitivamente em Imperatriz e região), o deputado federal falou de muitas outras atuações como representante do povo Maranhense, na qual foi aplaudido e ovacionado pelos os presentes. Veja as fotos acima da belíssima reunião.

MARLON DO BLOG SÓ FALO A VERDADE, NÃO TA FALANDO A VERDADE

BLOG DO MARLON (só falo a verdade) Diz:
Quando o presidente da Câmara Hamilton Miranda deu UM BOM DIA para o pré-candidato ENTRÃO Daniel Macedo, ficaram um MÊS falando que o Vereador tinha fechado APOIO ao pré-candidato. Agora o prefeito Madeira anda com Daniel Macedo na CACUNDA fazendo inclusive prestação de CONTAS das obras, e pedindo que o PRÉ-candidato TRAGA recursos para a região como se o mesmo já fosse Deputado. Os mesmos que falaram de Hamilton Miranda ficaram CEGOS e MUDOS.

CHICO PLANALTO DIZ:

Meu amigo Marlon, Você fez mal interpretação sobre a visita que o prefeito fez com o pré candidato a deputado estadual Daniel Macedo ao bairro Bom Sucesso, o pré candidato conseguiu junto a governadora Roseana Sarney Um Milhão e Meio de reais para beneficiar Imperatriz, o mesmo escolheu alocar esse montante de recurso para o Bom Sucesso, mais precisamente no trecho do riacho José de Alencar, assim se fez necessário a visita do prefeito Madeira e Daniel Macedo ao local do investimento, se você tem preferência e é aliado do presidente da câmara é outra coisa, não vamos colocar chifre em cabeça de galinha. Vale lembrar que essa ação do pré candidato no bairro Bom Sucesso aconteceu pela inoperância e falta de mobilização política do vereador Chagão do PT.

ARROGANCIA EM NOVA YORK, DILMA SE IRRITA E "DEMITE" TRADUTORA

ANA FLOR enviada especial a Nova York:
Problemas com uma tradutora na coletiva de imprensa irritaram nesta sexta-feira a pré-candidata petista em Nova York. Dilma Rousseff chegou a chamar a tradutora de "minha santa".
Dilma, que preferiu falar em português, chegou a elogiar o primeiro tradutor. A partir da metade da entrevista, a tradução ficou por conta da angolana Marísia Lauré.
Perguntada sobre o delicado tema da autonomia do Banco Central, Dilma falou da "autonomia operacional" do órgão. Lauré esqueceu uma das palavras e Dilma completou, em inglês: "operational autonomy". Em seguida, repreendeu a tradutora. "Eu peço para você traduzir literalmente, porque é complicado [o tema]".
Dilma passou a falar sobre privatizações e as empresas que acredita que deviam permanecer públicas, como Petrobras, Eletrobras, as do setor elétrico e bancos públicos. A tradutora esperou que a convidada concluísse a frase para traduzir. Ao final, Dilma conferiu com a platéia: "Não faltou [o trecho] da Petrobrás?".
Na frase seguinte, Dilma ouviu o início da tradução e, achando que havia mais um erro, interrompeu Lauré. "No, no,no. Yes, yes, yes", emendou, ao se dar conta de que a frase traduzida estava correta e arrancando risos da platéia.
"Eu prefiro que você copie e faça [a tradução depois] porque se não eu vou quebrar meu raciocínio todo, tá bom?", pediu Dilma à tradutora.
Na pergunta seguinte, Lauré trocou "redução da dívida" por "redução de impostos". Dilma a interrompeu novamente. "Copia, minha santa, eu vou falar". Nesse momento, a organização trouxe de volta o tradutor anterior. Ao final da coletiva, Lauré e Dilma se abraçaram. A tradutora pediu desculpas e atribuiu o engano ao excesso de trabalho. "Você trabalha muito bem", disse Dilma.