Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

ASSOCIAÇÃO DOS DEFICIENTES VISUAIS OFERECE CURSOS DE BRAILLE E LIBRAS

Se você tem curiosidade em aprender o método Braille ou entender a linguagem de Libras, essa é a sua oportunidade:

Braille
A partir do dia 5 de Dezembro (segunda-feira), inicia uma nova turma do curso de capacitação pelo método Braille. Além do Braille, serão oferecidas, na mesma turma, aulas de sorobã (cálculos matemáticos), atividades da vida diária, orientação e mobilidade, estimulação precoce, entre outros. NÃO PERCA! Acontecerá de segunda a sexta, dividido em duas turmas, uma pela manhã e outra à tarde.

Libras
O curso de capacitação em Libras (básico e avançado) está sendo oferecido pela APSUMA – Associação dos Interpretes de Imperatriz, que é parceira da Associação dos Deficientes Visuais Deus é Fiel - ASDEVI. Acontecerá todos os sábados, e inicia neste sábado, dia 27. CORRA!!! Quem não conseguir fazer a inscrição até a data, poderá se inscrever durante a semana e participar a partir da segunda aula, dia 4 de Dezembro.
Ambos os cursos serão realizados na ASDEVI, localizada na Av. São Sebastião, nº 1000, bairro Vila Nova. Terão uma carga horária de 120horas, e são oferecidos para toda a sociedade. O valor para inscrição e mensalidade é de R$50,00. “Um valor irrisório comparado ao que se aprende”, afirma Maria da Conceição, presidente da ASDEVI.

Atenção Imprensa
Para aqueles que trabalham na imprensa, será oferecido uma vaga GRÁTIS para o curso de Braille e outra para o de Libras. Essa é uma oportunidade única! Basta comprovar o ofício de Jornalista apresentando algum documento, como a DRT.

Das inscrições
As inscrições podem ser feitas pelo E-mail da associação:
as.devi@hotmail.com, ou ligando para a presidente, Maria da Conceição: 8837-2393.
Conheça a ASDEVI: www.asdevi.blogspot.com

GLOBO CONFIRMA AFASTAMENTO DE FÁBIO ASSUNÇÃO DE NOVELA

Fábio Assunção foi afastado da novela "Insensato coração", que substituirá "Passione" no horário das 21h em janeiro de 2011 na TV Globo. O ator havia sido escalado para interpretar o vilão Léo na trama escrita pelos autores Gilberto Braga e Ricardo Linhares.
Segundo a Central Globo de Comunicação, foi o próprio Assunção quem solicitou seu desligamento da trama. "Com o início da primeira semana de gravação em estúdio, o ator avaliou que, neste momento, não tem a disponibilidade necessária para cumprir a carga horária deste protagonista", diz o comunicado da emissora.
Durante toda a tarde desta segunda-feira (29) o diretor de núcleo Dennis Carvalho, os autores e o próprio Assunção estiveram reunidos no Projac para decidir qual seria a melhor solução para o caso. O comunicado da TV Globo informa ainda que a emissora "pretende contar com ele [Assunção] em outras produções e estuda quem vai substituí-lo".
O vilão de "Insensato coração" marcaria a volta de Assunção às novelas, após seu desligamento de "Negócio da China" (2008). Na época, o ator anunciou que pretendia se tratar de uma dependência química.
O ator paulista de 39 anos estreou em novelas em 1990, com "Meu bem, meu mal". Assunção fez outros papéis de destaque como o vilão Renato Mendes de "Celebridade" (2003), o playboy Marcelo de "Por amor" (1997), e o mocinho Inácio da trama de época "Força de um desejo" (2000).

MAIS DE 20% JÁ ESQUECERAM DO VOTO

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta segunda-feira (29) os resultados de uma pesquisa sobre a campanha de esclarecimento feita para as eleições de 2010.
O estudo aponta que 20,6% do eleitorado já não lembram mais em quem votaram para senador. O índice sobe para 21,7% quando a pergunta é sobre o voto para deputado federal e para 23% em relação ao voto para deputado estadual.
A pesquisa foi realizada de 3 a 7 de novembro, apenas alguns dias após o segundo turno das eleições, em 30 de outubro. O levantamento tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram 2 mil entrevistas nas cinco regiões do país e em 24 estados. Segundo o TSE, um sorteio aleatório selecionou 136 municípios nesses estados.
Em pergunta específica sobre a fonte de informação utilizada para se decidir quanto ao segundo turno, 44,2% dos entrevistados afirmaram que já estavam decididos pessoalmente. Outros 18,8% responderam que debates entre os candidatos na televisão e no rádio contribuíram para a decisão. Programas de candidatos na TV apareceram com 15,5%.
Também foi perguntado aos entrevistados qual o meio de comunicação que eles mais utilizaram para se informar sobre política e eleições. O resultado mostrou que 56,6% se informam principalmente pela televisão e 18,4%, por meio de conversa com amigos e parentes. Em seguida aparece a internet, com 9,9%, ficando à frente de jornais impressos, rádio e de revistas.
A respeito dos canais televisivos, 79% responderam que assistem com freqüência à TV Globo. Em segundo lugar aparece a TV Record com 60,4%, seguida por SBT, com 37,8%, e TV Bandeirantes, com 25,6%.
Os entrevistados tinham entre 16 e 70 anos, com variação de escolaridade entre a 4ª séria do ensino fundamental e o ensino superior completo.