Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

OPOSIÇÃO PEDE INVESTIGAÇÕES SOBRE DESVIOS COMANDADOS PELO PCDOB NO MINISTÉRIO DOS ESPORTES

Fonte: blog do Décio

Brasília – Líderes da Câmara se manifestaram nesta terça-feira (22) sobre as denúncias de irregularidades no Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte. A oposição quer mais investigações da Polícia Federal, do Ministério Público e do Tribunal de Contas da União (TCU)
Reportagem publicada no último fim de semana pelo jornal O Estado de S.Paulo descreve organizações não governamentais (ONGs) de fachada criadas para gerir os projetos do Segundo Tempo, núcleos esportivos abandonados e suposto desvio de verbas para financiar candidatos do PCdoB, partido do ministro do Esporte, Orlando Silva.
O líder do PSDB, deputado Duarte Nogueira (SP), afirmou que não está acusando Orlando Silva de envolvimento em irregularidades, mas cobrou informações do Ministério do Esporte e da Polícia Federal.
“Estamos pedindo ao Ministério da Justiça que requeira à Polícia Federal quais foram as medidas, as investigações e os resultados quando as primeiras denúncias surgiram no Ministério do Esporte por uso de ONGs ligadas ao Partido Comunista do Brasil, e que precisam ser esclarecidas.”
Esclarecimentos
Cobrado pelo governo, o ministro informou ontem que vai abrir sindicância para apurar suspeitas de irregularidades no programa. Em entrevista no Palácio do Planalto após encontro para discutir a proposta da criação da Autoridade Pública Olímpica com o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, Orlando Silva disse estar seguro de que não ocorreram danos aos cofres públicos.
“Determinamos que uma equipe do ministério investigue todas as denúncias”, afirmou o ministro. “Eu diria que merecem a atenção todas as informações divulgadas na imprensa e nosso papel é apurar e punir”, ressaltou.

COMENTARIO MUITO OPORTUNO

“A democracia é o governo do povo, pelo povo, para o povo.” (Abraham Lincoln). Os Poderes são independentes e harmônicos entre si, infelizmente, percebe-se um paradoxo quanto a harmonia entre si. Á Câmara Municipal compete às funções de Legislar, Fiscalizar, Assessorar e Função Administrativa. Aqui cabe o entendimento de que Assessoria é uma atividade que envolve a prestação de serviços de alguém que detém conhecimento especializado em determinado campo profissional, auxiliando tecnicamente na elaboração de projetos e na execução de serviços. E não somente de criticar. Na realidade, caro secretário, é muito cômodo fazer criticas, sem apresentar soluções. Uma coisa é ser pedra, outra bem diferente é ser vitrine.

Vilson Santos

SIMFRA MANTÉM FRENTES DE SERVIÇOS

O secretário municipal de Infraestrutura (Sinfra), Roberto Alencar, garantiu ontem à reportagem que, apesar do rigoroso inverno, a prefeitura mantém os serviços da operação tapa-buracos com frentes de serviços em bairros e no centro de Imperatriz. “O objetivo é conter os buracos que ressurgem nesta época do ano”, justificou.

Alencar informou que há menos de 15 dias foi recuperada a Avenida Presidente de Morais, via de acesso à Faculdade de Imperatriz (Facimp), garantindo o trânsito de veículos leves e pesados.

Ele disse ainda que a prefeitura mantém o serviço de roço e limpeza de praças públicas, ruas e avenidas de Imperatriz. Alguns dos trechos recuperados esta semana foram as vias de acesso ao viaduto, a marginal da BR-010 com a Rua Tamandaré, no Jardim São Luís, e a Rua Amazonas. “Vamos otimizar o trabalho de infraestrutura logo que cessar o período invernoso”, assegura.

Roberto Alencar assinala que está prevista a realização de várias obras, a partir do segundo semestre, nos bairros de Imperatriz. As licitações estão tramitando na CPL (Comissão Permanente de Licitação).