Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

JOSAFA RAMALHO DA TV DIFULSORA SUL

O apresentador da TV Difusora Sul Josafa Ramalho qual apresenta diariamente um dos mais vistos telejornais da cidade qual vai ao ar semanalmente ao meio dia, deu entrada no HC por ocorrência de um AVC, segundo as informações o mesmo encontra-se em estado não muito bem e merecendo cuidados especiais, aqui vai nosso desejo de rápidas melhoras e que tudo não passe apenas de um momento de instabilidade de saúde do mesmo.

PT FAZ MANOBRA PARA EVITAR DEPOIMENTO DE DILMA E ERENICE NO SENADO

Os senadores aliados ao presidente Lula foram orientados pelo governo Lula a não comparecer à reunião da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) que votaria os convites à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, e à ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra para explicar as denúncias de tráfico de influência na pasta.

Segundo o senador Eduardo Suplicy (PT), o pedido partiu do ministro Alexandre Padilha. "Houve, da parte do ministério [de Relações Institucionais], a orientação para que não houvesse a presença hoje", afirmou Suplicy.

Uma reunião da CCJ do Senado foi convocada na manhã desta quarta-feira pelo presidente da comissão, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), para discutir os requerimentos de autoria de seu colega Álvaro Dias (PSDB-PR). A sessão não foi aberta por falta de quórum.
Dias argumentou que os senadores governistas poderiam ter usado a maioria para rejeitar os requerimentos, mas preferiu o "boicote" para evitar o "desgaste político".

Como Dilma e Erenice não são mais ministras, elas podem ser apenas convidadas a falar. Não cabe convocação obrigatória pela Casa.
"É evidente que há um receio com relação ao desgaste eleitoral inevitável. Não há o desejo de aprofundar investigações, para que não se revele fatos que podem comprometer ainda mais a imagem do governo", defendeu Dias.

"Manobraram e mandaram recado. Faz parte do jogo político", afirmou Torres.


Esse é o PT, credo em cruz tres vezes!!!!!!!!!!!!!

PREFEITO MADEIRA (IMPERATRIZ FEZ SUA PARTE)

Na primeira entrevista á imprensa depois da proclamação do resultado da eleição o prefeito Sebastião Madeira (PSDB) disse lamentar que o candidato a governador apoiado por seu grupo em Imperatriz não tenha repetido a mesma votação que obteve aqui, nas outras regiões do Maranhão, mas que política “não se faz olhando para retrovisor” e que encara o resultado do pleito com a tranqüilidade da experiência de acumular na sua trajetória política, como apoiador e candidato, dez eleições.

Para o prefeito os candidatos apoiados direto e indiretamente por ele obtiveram uma votação dentro do esperado. O ex-governador Jackson Lago (PDT), por exemplo, teve em Imperatriz a maior votação do Estado. Saiu consagrado com 73,63% dos votos dados para governador.

Seu grupo assinala o prefeito, reelegeu o deputado Carlinhos Amorim (PDT), inspirou uma boa votação ao candidato a deputado federal Edmilson Sanches, que saiu de Imperatriz praticamente com a mesma votação que ele, Madeira, obteve em três disputas de deputado federal ( na casa dos 20 mil votos) e ainda a ajudou a eleger Hélio Santos (PSDB), Cleber Verde (PRB) e Carlos Brandão (PSDB).

“Lamento que o deputado Davi Júnior, que tanto tem ajudado Imperatriz não tenha conseguido a reeleição, mas Imperatriz foi justa dando a ele uma votação acima dos 30 mil votos” disse Madeira acrescentando que acredita que na composição do novo governo de Roseana ele possa vir a reocupar uma vaga na Câmara já que ficou na primeira suplência da bancada eleita na coligação o Maranhão não Pode Parar.

O prefeito Madeira disse ainda que ficou satisfeito com a votação obtida pelo candidato a presidente de seu partido, PSDB, a Presidência da Republica José Serra que ficou empatado tecnicamente com Dilma, apoiada pelo presidente Lula. Serra, sem uma campanha ostensiva, obteve 33,69% dos votos de Imperatriz para presidente; Dilma ficou com 35,87%.

Sobre a vitória de Roseana Sebastião Madeira declarou: democracia é isso. Uns ganham, outros perdem. “Da minha parte, como prefeito de uma das maiores cidades do Maranhão, estamos abertos para continuar com as parcerias e levar as questões de Imperatriz para discutir com o Governo do Estado. Quem governa, não governa apenas para um grupo, governa para todos” pontuou.

Na região tocantina, mesmo com a derrota de Jackson Lago, Madeira (Imperatriz) Ildemar (Açailandia) e Deoclides Macedo (Porto Franco) provaram que tem peso e influência política. Juntos, conseguiram além de uma votação substancial para seus candidatos majoritários, elegeram os candidatos proporcionais que apoiavam diretamente. Madeira com Carlinhos, Deoclides com Valéria Macedo e Ildemar, com Hélio Santos, este último eleito deputado federal.