Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

ÔNIBUS DA BANDA REPRISE TOMBA

O ônibus que transportava integrantes da Banda Reprise tombou, no início da manhã desta segunda-feira (13), na estrada que liga a cidade de Pedro do Rosário a Pinheiro, na Região da Baixada Maranhense. No momento do acidente, que aconteceu por volta da 5h, cerca de 30 pessoas estavam no veículo.

De acordo com a proprietária, a banda havia realizado um show na cidade de Pedro do Rosário na noite desse domingo (12). Após o término da apresentação, os integrantes saíram da cidade no ônibus da banda com destino a São Luís.

Minutos depois da saída, começou a chover e, a estrada de piçarra virou um verdadeiro lamaçal. Em determinado momento, o motorista perdeu o controle do veículo e aconteceu o acidente.

TJ-SP CASSA DECISÃO QUE ENQUADROU PAULO MALUF NA LEI DA FICHA LIMPA

A 7ª Câmara de Direito Público do TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo cassou a decisão que condenou Paulo Maluf (PP) por improbidade administrativa em uma suposta compra superfaturada de frangos pela Prefeitura de São Paulo.
A decisão revogada foi a que levou o deputado a ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral), que então anulou os 497 mil votos que ele recebeu nas eleições.
Segundo o advogado de Maluf, Eduardo Nobre, essa decisão permitirá que o deputado vença recurso no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra a decisão do TRE-SP e fará com que ele seja diplomado como eleito nesta sexta-feira.
O Ministério Público Estadual pedia a devolução do dinheiro aos cofres públicos ao acusar superfaturamento na compra de 1,4 tonelada de frango, em julho de 1996, por R$ 1,39 milhão, da empresa de sua mulher. O caso tornou-se um dos mais polêmicos envolvendo a gestão de Maluf.
A ação já havia sido julgada improcedente em primeira instância, em 2002, isentando o ex-prefeito de devolver o prejuízo aos cofres públicos. Além do ex-prefeito, foram citados na ação Marcelo Daura, ex-presidente da Comissão de Preços, Francisco Martin, ex-secretário de Abastecimento, e as empresas Obelisco Agropecuária, que pertence à mulher de Maluf, e Ad'Oro.