Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

PREFEITO MADEIRA (IMPERATRIZ FEZ SUA PARTE)

Na primeira entrevista á imprensa depois da proclamação do resultado da eleição o prefeito Sebastião Madeira (PSDB) disse lamentar que o candidato a governador apoiado por seu grupo em Imperatriz não tenha repetido a mesma votação que obteve aqui, nas outras regiões do Maranhão, mas que política “não se faz olhando para retrovisor” e que encara o resultado do pleito com a tranqüilidade da experiência de acumular na sua trajetória política, como apoiador e candidato, dez eleições.

Para o prefeito os candidatos apoiados direto e indiretamente por ele obtiveram uma votação dentro do esperado. O ex-governador Jackson Lago (PDT), por exemplo, teve em Imperatriz a maior votação do Estado. Saiu consagrado com 73,63% dos votos dados para governador.

Seu grupo assinala o prefeito, reelegeu o deputado Carlinhos Amorim (PDT), inspirou uma boa votação ao candidato a deputado federal Edmilson Sanches, que saiu de Imperatriz praticamente com a mesma votação que ele, Madeira, obteve em três disputas de deputado federal ( na casa dos 20 mil votos) e ainda a ajudou a eleger Hélio Santos (PSDB), Cleber Verde (PRB) e Carlos Brandão (PSDB).

“Lamento que o deputado Davi Júnior, que tanto tem ajudado Imperatriz não tenha conseguido a reeleição, mas Imperatriz foi justa dando a ele uma votação acima dos 30 mil votos” disse Madeira acrescentando que acredita que na composição do novo governo de Roseana ele possa vir a reocupar uma vaga na Câmara já que ficou na primeira suplência da bancada eleita na coligação o Maranhão não Pode Parar.

O prefeito Madeira disse ainda que ficou satisfeito com a votação obtida pelo candidato a presidente de seu partido, PSDB, a Presidência da Republica José Serra que ficou empatado tecnicamente com Dilma, apoiada pelo presidente Lula. Serra, sem uma campanha ostensiva, obteve 33,69% dos votos de Imperatriz para presidente; Dilma ficou com 35,87%.

Sobre a vitória de Roseana Sebastião Madeira declarou: democracia é isso. Uns ganham, outros perdem. “Da minha parte, como prefeito de uma das maiores cidades do Maranhão, estamos abertos para continuar com as parcerias e levar as questões de Imperatriz para discutir com o Governo do Estado. Quem governa, não governa apenas para um grupo, governa para todos” pontuou.

Na região tocantina, mesmo com a derrota de Jackson Lago, Madeira (Imperatriz) Ildemar (Açailandia) e Deoclides Macedo (Porto Franco) provaram que tem peso e influência política. Juntos, conseguiram além de uma votação substancial para seus candidatos majoritários, elegeram os candidatos proporcionais que apoiavam diretamente. Madeira com Carlinhos, Deoclides com Valéria Macedo e Ildemar, com Hélio Santos, este último eleito deputado federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário