Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 9 de julho de 2010

ELSON ARAUJO RESPONDE AO MARLON DA COLOR ÁUDIO

Abaixo , nota enviada pela Assessoria de comunicação de Imperatriz, ao blogueiro Marlon da Color Áudio, sobre o post ALUNOS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL TIRAM NOTAS BAIXAS NO IDEB”.

A nota foi enviada ontem ás 16h30 horas, como o mencionado blogueiro até ás 7h da manhã de hoje não a publicou, optamos por reproduzi-la aqui neste espaço.

Houve quem pedisse para deixar passar ao largo , mas como se trata de uma inverdade entendeu-se que a nota do citado blogueiro merecia uma resposta.

Ei-la

Caro Marlon,

Dizer que o nível do ensino municipal é baixo é ofender severamente os mais de três mil professores da Rede Municipal, a grande maioria detentores de curso superior e, reconhecidamente comprometidos com o processo educacional dos seus alunos.

Também, é ofender os alunos cuja performance começa a aparecer até em competições nacionais, como é o caso de um aluno da escola Darcy Ribeiro, destaque não faz muito tempo numa competição nacional de matemática.

Sem falar na educação infantil, que no ano passado, logo no primeiro ano da gestão do prefeito Madeira, foi reconhecida num evento em Brasília, pela Associação Brasileira dos Municípios, como uma das dez melhores do país.

A verdade, é que o prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira, não investe só na infraestrutura. Ele, que confiou a educação ao professor Zeziel Ribeiro, tem tido o cuidado de incentivar e apoiar a realização de cursos, treinamentos, seminários, simpósios e, até financiar a educação superior daqueles professores que ainda não tinha curso superior, como é o caso de 45 professores provisionados de educação física, que agora estão tendo a oportunidade de conseguir a tão sonhada graduação. Ação que começa a ser copiada por outros municípios brasileiros e que pode se tornar até uma política do Governo Federal.

Todos esses investimentos na qualificação do professor; na construção e melhoria fisica das escolas da rede, somados ao investimento na autoestima dos alunos que receberam, no ano passado, da Prefeitura o fardamento completo, igual ou até melhor do que os da rede privada, só poderia resultar nos índices aferidos e divulgados pelo MEC por meio do IDEB.

Louvável sua intenção em divulgar os resultados dos alunos da Rede Pública Municipal de Imperatriz/MA, afinal são dados que realmente interessam à população e, precisam ser divulgados amplamente. Porém sua leitura dos números está bastante equivocada como se verifica a seguir:

1. O IDEB publicado no 1° de julho de 2010 é referente ao ano de 2009, e não ao ano de 2010 como você publicou;


2. O IDEB não é calculado anualmente e sim, a cada dois anos, portanto temos IDEB em 2005, 2007 e 2009 e só teremos novas avaliações em 2011 e provavelmente sua divulgação será em 2012;

3. As notas dos alunos de Imperatriz, na média do município tem sido sempre crescente e não decrescente .

4. Nos anos Finais, é que a prova é aplicada no 9° ano e, não no 8° como você publicou; em 2005 a nota da rede municipal foi 3,4; em 2007 permaneceu em 3,4 e 2009 alcançamos 3,9. Sendo que a projeção do MEC para o município em 2009 era de apenas 3,5 e a nota alcançada supera inclusive a projeção para o ano de 2011 que é apenas de 3,8;

5. Nos anos Iniciais, temos os seguintes resultados: 2005 foi de 3,7; em 2007 foi 3,9 e em 2009 alcançamos 4,2. Sendo que a meta prevista para 2009 era de 4,1.


Estes dados podem ser comprovados no site do INEP:


http://www.inep.gov.br/default_portal.htm

Sem mais para o momento, grato pela publicação

Elson Mesquita de Araújo
Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário