Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

AUDITORIA ACUSA IRMÃO DE MINISTRA DO LULA (SUBSTITUTA DE DILMA)

José Euricélio de Carvalho, irmão da ministra casa civil Erenice Guerra, foi apontado por uma auditoria do governo como responsável pelo desvio de R$ 5,8 milhões da editora da UnB em contratos fantasmas com 529 pessoas, informa reportagem de Filipe Coutinho e Andreza Matais, publicada nesta quarta-feira pela Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).
Pagamentos suspeitos incluem ao menos R$ 134 mil para o próprio Euricélio e para Israel Guerra, filho de Erenice que atua como lobista, quando ela era subordinada a então ministra Dilma Rousseff.


Na prática, a Controladoria e o Ministério Público descobriram um esquema de terceirização dos serviços na universidade sem a comprovação de que eles foram efetivamente realizados.
José Euricélio não foi encontrado ontem para comentar os contratos da UNB. A Folha procurou ainda Israel Guerra e seu advogado, que disse à reportagem que não comentaria enquanto não falasse sobre o caso com o seu cliente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário