Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 7 de setembro de 2010

CHUPA ESSA MANGA

Ocupado há pelo menos 15 anos, o trecho da Rua Fortunato Bandeira, na Nova Imperatriz, situado entre as ruas Ceará e Rio Grande do Norte, será asfaltado tão logo seja desobstruído. A garantia é do secretário municipal de Infraestrutura, engenheiro Roberto Alencar, que disse já ter recebido “sinal verde” do prefeito Sebastião Madeira para executar a obra.

O referido trecho é ocupado, ilegalmente, por cerca de 50 feirantes que durante todo esse tempo exploram comercialmente o local. O secretário municipal de Agricultura, José Fernandes Dantas, informou que a desocupação da área ocorrerá ao longo desta semana.

Os feirantes serão transferidos para o Mercado Público da Nova Imperatriz, parcialmente recuperado para recebê-los. “Começamos a negociar essa transferência desde o ano passado, mas só agora, depois de vários encontros com os feirantes, será possível a transferência”, assinalou José Fernandes.

O secretário lembra que a mudança é feita de comum acordo com os ocupantes da rua, que passarão a ocupar uma área de três mil metros quadrados. “Eles terão mais espaço e o trabalho deles será menos sufocante”, destacou o secretário.

Com a retirada dos feirantes da Fortunato Bandeira, a via se fortalecerá como mais um corredor de trânsito alternativo à Avenida Bernardo Sayão. “Uma alternativa para quem vier da região do Santa Rita e não quiser pegar a Bernardo Sayão”, comenta o secretário de Trânsito, C. Jota Ribamar.

Novo mercado - A longo prazo, o projeto da Prefeitura é de erguer um novo Mercado Público na Nova Imperatriz. O projeto para o que será a reconstrução do “mercadinho da Nova Imperatriz” tramita no Ministério da Integração Nacional e deve custar cerca de R$ 600 mil.

2 comentários:

  1. Essa é uma questão que há muito já devia ter sido solucionada. Ter uma rua completamente impedida bem no meio de um bairro central só acontece aqui mesmo em Imperatriz ( a cidade que tudo pode). Só espero que as condições dadas aos feirantes sejam adequadas para garantir-lhes a sobrevivência. Vou esperar pra crer, porque já moro na Nova Imperatriz há quase 18 anos e essa feira já estava por aqui. Se não fizerem até ano que vem... em 2012 é que não vai ser ... é ano de eleições municipais!!! Aí já sabe né??? A carruagem volta a ser abóbora! Luis Fernando Almeida!

    ResponderExcluir
  2. Luis Fernando, concordo com voce em falar que a muito deveria ter se resolvido esse problema, assim como muitos existente na nossa cidade, no atual governo vejo um fator bem diferente dos governos anteriores, o mesmo esta buscando soluções para muitos problemas, isso é inegavel, pior mesmo é nada se fazer, assim por igual foi o governo do Jomar e Ildon, o governo atual só termina em dezenbro de 2012, ate lá o prefeito irá fazer muito por essa cidade!!!!!!

    ResponderExcluir