Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Alckmin diz que considera positiva fusão entre PSDB, DEM e PPS

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse nesta quinta-feira que considera positiva a fusão entre o PSDB, DEM e PPS. No entanto, ele ressaltou que o assunto não deve ser tratado com pressa.
"É uma medida que pode ser muito boa. Mas que deve ser tratada pelos partidos e eu não vejo urgência nisso", afirmou o governador.
Alckmin não é o primeiro tucano a falar sobre o assunto.
Na terça-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso admitiu que existe a possibilidade de fusão entre o PSDB e o DEM, mas ressaltou que as conversas são "preliminares".
"Existem propostas nesse sentido. São aspectos delicados. Acho que o mais importante é manter a coesão dos partidos e, desde logo, dizer: aconteça o que acontecer, vamos nos manter unidos com certos objetivos maiores. Não sei qual a tendência, se vai haver fusão ou não", afirmou FHC.
Na semana passada, o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE), e o líder do DEM na Câmara, ACM Neto (BA), se reuniram para discutir a relação dos dois partidos em uma tentativa de viabilizar sua fusão antes das eleições municipais, em 2012.
Embora líderes da oposição --entre eles, o senador Aécio Neves (PSDB-MG)-- defendam que qualquer decisão aconteça após a corrida municipal, o temor é que o DEM não sobreviva até lá.
O partido corre o risco de ser desidratado pelo PSD, criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

DANIELA LIMA
DE SÃO PAULO

Um comentário:

  1. O DEM não corre o risco de ficar desidratado pelo PSD de kassab, o DEM já está desidratado se esta fusão demora acontecer, logo, logo o DEM passara a ser mais um nanico como tantos outros.

    ResponderExcluir