Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 1 de junho de 2011

DEFESA CIVIL PEDE MAIS TEMPO PARA BANHISTAS PROCURAREM AS PRAIAS

Não obstante a escassez de chuvas e o vento geral anunciando o período de verão, as águas do rio Tocantins estão demorando a baixar em face à movimentação verificada nas hidrelétricas situadas no médio e alto Tocantins, notadamente a hidrelétrica de Estreito, cujo lago está sendo formado visando movimentar as turbinas para produção de energia elétrica.
Com isso, o sistema que sempre determinou a cheia e vazão das águas do rio está completamente alterado, causando sérios prejuízos, principalmente para os barraqueiros e barqueiros que movimentam o turismo na região. Em Estreito, por ocasião da audiência pública realizada pelo Assembleia Legislativa do Estado, uma comissão de barraqueiros protestava contra o Consórcio de energia.
Em Imperatriz não é diferente. Há duas semanas, as águas baixaram normalmente, trazendo à superfície uma área de areia na Praia do Cacau e as pedras que compõem a parte mais alta da Praia do Meio. Entretanto, dois dias depois, com a liberação das águas do lago da hidrelétrica de Estreito, o rio voltou a subir e as águas engoliram mais uma vez as duas praias dos balneários do município de Imperatriz.
Em face a esta situação, a Superintendência Municipal de Defesa Civil achou por bem dar mais um tempo para a abertura do período de veraneio. O superintendente Francisco das Chagas Silva, o Chico do Planalto, afirmou que o prefeito Sebastião Madeira autorizou a contratação de homens e mulheres que serão preparados pelo Corpo de Bombeiros para atuarem como salva-vidas.
O superintendente lembra que o gestor imperatrizense pretende realizar um veraneio à altura do povo de Imperatriz e das pessoas que a visita. “Entretanto, o prefeito Madeira prima pela segurança dos banhistas, dotando nossas praias de toda uma infraestrutura necessária para o conforto dos frequentadores, mas a segurança das pessoas para o prefeito tem que estar acima de tudo”.
Chico do Planalto observa que, em face ao rio se encontrar bem acima do nível normal, não é aconselhável que as pessoas procurem balneários como as praias do Cacau e do Meio, além de alguns gorgulhos bastante frequentados no período do verão. “É bom que as pessoas tenham um pouco mais de paciência e possam ter um veraneio de muito lazer, mas com a devida segurança”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário