Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 25 de abril de 2013

'Fizeram uma crueldade', diz mãe de dentista queimada por criminosos


A mãe da dentista Cinthya Magaly Moutinho de Souza, de 47 anos, que morreu queimada após assalto a seu consultório em São Bernardo do Campo, no ABC, disse na tarde desta quinta-feira (25) que a filha foi vítima de “uma crueldade”. “Fizeram uma crueldade, o que eu espero é Justiça. Mas cadeia é estágio para o crime, eles vão lá e voltam piores, eu não sei o que esperar”, afirmou a mãe, Risoleide Moutinho de Souza.

Segundo a Polícia Militar, um trio invadiu o consultório na Rua Copacabana por volta das 12h30 e anunciou o assalto. Como eles não encontraram dinheiro, a dentista entregou o cartão e a senha.

Waldomiro Bueno Filho, delegado seccional da cidade, informou que os ladrões sacaram R$ 30, enquanto um outro continuava no consultório com a dentista e uma paciente. Depois, os criminosos voltaram, atearam fogo na vítima e fugiram em um carro. Um quarto assaltante aguardava os outros em um Audi estacionado perto do consultório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário