Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

WELLINGTON DIAS CANDIDATO DO PT AO GOVERNO DO PIAUI PEDE VOTO E LEVA TAPA NA CARA

O senador Wellington Dias esteve no início de agosto visitando a feira de Cocal da Estação. A cidade, que sofreu com o rompimento da Barragem de Algodões, em maio de 2009, ainda carrega a dor da tragédia que se abateu sobre a população.


O candidato ao governo pelo PT, voltou ao município para pedir votos aos eleitores. Durante a manhã da terça-feira, (05/08), Wellington e a Turma do PT caminharam entre os feirantes, distribuindo santinhos e fazendo promessas aos comerciantes.

Ao abordar uma senhora que vendia frutas, o senador pediu o voto de confiança a ela. Como resposta, sem esperar, Wellington recebeu um tapa que pegou em cheio a sua bochecha e fez um som que chamou a atenção dos que estavam no local.

A mulher, revoltada, afirmou em alto e bom som: “Vá pedir voto pro cão, Satanás!” O senador, sem entender o que estava acontecendo, foi retirado pelos seguranças, enquanto a mulher jogava tomate podre e restos de outras frutas no candidato do PT.

“É muito descaramento deste homem vir pedir voto logo pra mim”, disse a senhora que estava visivelmente abalada e recebia atenção de seus colegas de feira e clientes, solidários.

Depois do acontecido, o senador foi informado que a mulher se tratava da mãe de duas meninas que morreram durante o estouro da barragem. Inconformada com o tratamento recebido pelo então governador, Wellington Dias, apontado pela Justiça como o responsável pela tragédia, a senhora nunca perdoou o acontecido.

Logo após o fato, o político foi procurado pela reportagem. W. Dias não quis comentar o assunto, mas ainda podia se notar a marca de quatro dedos estampados no rosto do senador. A assessoria de comunicação do Partido dos Trabalhadores tentou abafar a notícia constrangedora.

Por Bruno Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário