Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

JUSTIÇA DO RIO CONDENA GAROTINHO E ÁLVARO LINS, DIZ MPF

O Ministério Público Federal divulgou nesta terça-feira (24) que o ex-governador do Rio Anthony Garotinho e o ex-deputado estadual Álvaro Lins, além de outros oito investigados, foram condenados pela Justiça.
De acordo com o MPF, a 4ª Vara Federal Criminal condenou o ex-deputado a 28 anos de prisão - por formação de quadrilha armada, corrupção passiva e lavagem de bens - e o ex-governador a dois anos e meio de prisão por formação de quadrilha, convertidos a serviços à comunidade e suspensão de direitos.
Todos os réus podem apelar da decisão em liberdade. O Ministério Público Federal (MPF) denunciou as dez pessoas como integrantes de uma quadrilha que usou a Polícia Civil do Rio de Janeiro para cometer crimes como corrupção e lavagem de bens. Quatro outros réus investigados foram absolvidos.
Já Garotinho se manifestou sobre a decisão na tarde desta terça-feira em seu blog oficial, afirmando que vai “recorrer com todos os instrumentos jurídicos que a lei disponibiliza, por se tratar de uma decisão absurda”

Nenhum comentário:

Postar um comentário