Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

DEFESA CIVIL ESTÁ ALERTA PARA CASOS DE ALAGAMENTO NA CIDADEDE

A Defesa Civil de Imperatriz intensificou a vistoria em áreas ribeirinhas da cidade. O coordenador Francisco das Chagas Silva (Chico do Planalto) assegurou que redobrou a atenção nas áreas consideradas de risco nos principais trechos habitados e cortados por riachos (área urbana), onde, em períodos anteriores, foram registrados transtornos durante o período das chuvas.
O coordenador disse ainda que está acompanhando pessoalmente a evolução do nível das águas do Rio Tocantins e dos maiores riachos e enviando os dados ao secretário de Infraestrutura, Roberto Alencar.
“O relatório completo está sendo repassado para o secretário e para o prefeito Sebastião Madeira”, afirmou o coordenador da Defesa Civil. Ele fez um alerta à população quanto o aumento das chuvas. “Sabemos que o período rigoroso do inverso ainda não chegou e já fez vários estragos em nossa cidade. Imagine quando esse período começar a ser mais intenso”.
Em relação à situação das vias urbanas, Chico do Planalto ressaltou que a Secretaria de Infraestrutura mantém equipes que estão tapando buracos em vários setores da cidade. “Temos acompanhado o trabalho de Roberto Alencar, mas sabemos que é muito difícil controlar essa situação. Enquanto se tapam 10 buracos, a chuva abre mais 50”, ressaltou o coordenador.
Transferência - Francisco das Chagas disse à reportagem que a Defesa Civil tem acompanhado todos os setores de Imperatriz. “Não é só os ribeirinhos, pois a chuva causa estragos em toda a cidade. Na semana passada, tivemos que fazer a mudança de uma família que reside na Rua Niterói, próximo ao bairro Caema, para um abrigo”, afirmou Chico do Planalto.
O motivo da transferência da família foi uma cratera que está avançando e colocando em risco moradores da Rua Niterói. “Interditamos a residência por entender que o local passou a ser uma área de risco. Alguns metros a mais, a casa será engolida”, atestou o coordenador.
A Defesa Civil confirmou que cerca de 10 casas proxima da Niterói poderão ser interditadas nas próximas horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário