Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

A RAIVA ! ! !

“Por que nós gritamos de raiva?”, o santo perguntou a seus discípulos. “Por que nós gritamos de raiva? Por que as pessoas gritam umas para as outras quando elas estão chateadas?”
Seus discípulos pensaram por um tempo, e um deles disse: “Porque perdemos a calma, gritamos por isso. “
“Mas por que gritar quando a outra pessoa está perto de você?”, perguntou o santo. “Não é possível falar com ele ou ela com uma voz macia? Por que você grita com uma pessoa quando está com raiva? “
Os Discípulos deram algumas outras respostas, mas nenhuma que satisfazia o santo. Finalmente, ele explicou: “Quando duas pessoas estão com raiva de si, seus corações ficam muito distantes. Para cobrir essa distância elas tem que gritar. Quanto mais irritado, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro através dessa grande distância. “
Em seguida, o santo perguntou: “O que acontece quando duas pessoas se apaixonam? Elas não gritam umas com as outras, mas falam suavemente, porquê? Porque seus corações estão muito perto. A distância entre eles é muito pequena … “
O santo continuou: “Quando eles se amam ainda mais, o que acontece? Eles não falam, apenas sussurram e ficam ainda mais próximos um do outro em seu amor. Finalmente, eles ainda não precisam sussurrar, apenas se olham e isto é tudo. Isso é o quão perto estão quando duas pessoas se amam.
“A moral”, disse o santo: “Quando você argumentar não deixe seu coração ficar distante, não diga palavras a distância uns aos outros, senão vai chegar um dia em que a distância é tão grande que você não vai encontrar o caminho para retornar !

Fonte: http://pravstalk.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário