Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 20 de junho de 2012

OS TRAIDORES COMEÇAM A PEGAR NA CABEÇA (PSB DEIXA A TURMA DO PDT)

Em reunião realizada agora a pouco(20h), o Partido Socialista Brasileiro - PSB, condenou a divulgação do panfleto onde o PDT, através da candidatura de Carlinhos, coloca o partido como um dos que apoiariam sua candidatura a prefeito. Segundo a nota, assinada pela maioria do diretório municipal, a iniciativa foi tratada como "irresponsável e mentirosa", já que o partido dispõe de uma candidatura própria.

Para o PSB, não é desejo do partido apoiar a candidatura do pedetista, segue: "o deputado ainda não demonstrou nenhum serviço relevante à cidade de Imperatriz. [... A exemplo de outros, não quer terminar o mandato.] "O PSB conhece bem este cidadão, já fomos vítima dele."
 
O PSB é o terceiro partido a abandonar a "frente", antes o PT, PPS já haviam desistido por não se sentir seguro nas negociações.

Veja abaixo o documento onde o PSB, diz que não apoiará Carlinhos Amorim em hipótese nem uma.

3 comentários:

  1. TRAIDOR É O TEU PREFEITO, QUE ANDA POR AÍ DE BRAÇO DADO COM O CHIQUINHO ESCÓRIO E A ROSENGANA.

    ResponderExcluir
  2. Manuel L. Parreão Filho21 de junho de 2012 12:08

    VAI ENTENDER!?
    Definitivamente, não é tarefa fácil para um ser humano sem nenhuma patologia no cérebro e em pleno gozo de suas faculdades mentais decifrar o comportamento inexplicável do ex-vereador Rui do Porão que, sob minha humilde opinião, tem cumprido um papel no mínimo desconfortável, vexatório e desconexo com o que deveria ser a conduta de um verdadeiro político.
    Pois bem, o maior desafio para qualquer pessoa sensata, até aqui, tem sido estabelecer a sua real identidade. Ninguém consegue saber, na verdade, se ele é aquele que na gestão passada, na condição de vereador, diuturnamente informava à população através de um carro de som as mazelas da administração, bem como semanalmente, no uso de suas atribuições, usava a tribuna da Câmara Municipal, diga-se de passagem, de maneira brilhante para denunciar os desmandos de toda ordem do então prefeito Ildão, - ou se é esse que atualmente, sem razões aparentes, óbvias e totalmente obscuras, se comporta como ‘quebra-lancas’ do dito ex-prefeito.
    Que a verdade não costuma figurar entre as qualidades dos políticos, isso é fato. Contudo, uma pitada de coerência e, sobretudo, respeito à inteligência das pessoas ajuda na credibilidade, bem como mantém um político por mais tempo em destaque.
    É claro e notório que o amigo Rui não tem, pelo visto, requisitos suficientes para figurar como defensor da verdadeira política; é mais uma tentativa desvairada de viver no ‘bem bom’, nas asas do erário. Infelizmente, é essa a verdade nua e crua, resultado dessa baixa política de conveniência e oportunismo transformada em meio de vida que impera em nosso país - especialmente aqui na ‘terra do frei’.
    Quem segue de perto os seus tortuosos passos sabe que ele é cria do próprio Ildon, e, quem sabe, já cansado do eterno papel de coadjuvante, digo, suplente, - foi o que lhe reservou o grupo do seu patrão, ou seja, a parte que lhe coube do latifúndio, - eis que cai de ‘mão beijada’ uma vaga no legislativo municipal (leia-se: vaga de João Batista) independentemente da vontade de seu inventor. Com o poder a altura das mãos, já como vereador, e se sentindo auto-suficiente a cria se volta contra o seu criador cuspindo no prato que comeu. Resolveu, portanto, como uma borboleta deixa o casulo, tentar voo solo em busca de espaço e conquistas.
    Mas o seu voo, ou melhor, o seu sonho virou pesadelo, durou pouco. Com certeza, o tempo suficiente para entender que sua escolha não lhe credenciava a protagonizar o papel de um autêntico líder e, sobretudo, de caráter independente. Talvez, sentindo-se órfão e desprovido de vocação para construir um futuro político voltado para os reais e legítimos interesses da população foi então que os seus, de caráter exclusivamente pessoal, falaram mais alto. Resolveu fazer o caminho de volta esquecendo-se dos discursos outrora proferidos.
    Amigo Rui, você pode até ter esquecido, mas eu, cumprindo o papel de cidadão informado, vigilante e exigindo um mínimo de coerência e respeito dessa classe de pseudopolíticos, sem sombra de dúvida, não!!!

    ResponderExcluir